• Ageimagem

Os destaques do maior Congresso de Dermatologia do País


Especialistas reunidos no 69ª Congresso da SBD discutiram os mais recentes avanços nos tratamentos da pele, as novas tecnologias para combater celulite, flacidez, estrias e gordura localizada.

Conheça as novas aplicações da toxina botulínica e os novos tratamentos para cicatrizes, melasma e outros problemas da pele

Cinco mil médicos participaram do 69ª Congresso da Sociedade Brasileira de Dermatologia realizado no Centro de Convenções, em Olinda, Pernambuco. Foram quatro dias, de 27 a 30 de setembro, de uma intensa programação científica que permitiu mostrar aos dermatologistas as mais recentes técnicas e os novos estudos para tratar os problemas da pele. "Mais uma vez os dermatologistas brasileiros tiveram a oportunidade de se atualizar sobre os mais recentes avanços da dermatologia mundial. O que mostra a qualidade do tratamento dos nossos médicos que oferecem as mais modernas técnicas de tratamentos da pele aos pacientes brasileiros", destaca a Dra. Denise Steiner, presidente da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Veja os destaques:

Drug Delivery

A pele é uma barreira muito eficiente para nos proteger das agressões do meio externo (bactérias, fungos, etc), além de bloquear total ou parcialmente a penetração dos agentes existentes nos cremes. O maior obstáculo para a administração transdérmica de drogas é o estrato córneo (camada mais externa da pele).

A boa notícia é que pesquisas feitas com sucesso nas duas últimas décadas revelaram que o laser pode ser usado para permitir a entrega transdérmica de medicamentos. A novidade oferece uma maneira confortável, prática e não invasiva de administrar fármacos em geral. A tecnologia vem sendo usada com sucesso no tratamento do envelhecimento cutâneo, quelóides, estrias e até no câncer da pele.

Tóxina Butolimica

Estudos recentes mostram que a toxina botulínica ajuda na cicatrização e pode ser aplicada nas bordas das feridas evitando a retração natural que ocorre no processo cicatricial, deixando a pele com aspecto mais liso e homogêneo. A toxina, além das aplicações tradicionais na testa e em volta dos olhos, onde já está bem fundamentada, está sendo usada em outras áreas extra faciais e no tratamento de certas doenças. Além da clássica melhoria das rugas de expressão, é uma ótima opção para afinar e melhorar o contorno do rosto, levantar a ponta nasal, aumentar o queixo, melhorar as rugas do pescoço, claro que sempre com indicação médica, pois cada caso deve ser avaliado individualmente.

Nas áreas extra faciais como mãos e pés, seu uso principal é para o tratamento da hiperhidrose (suor excessivo), mas também vem sendo usada no tratamento da disidrose (bolinhas que coçam muito e de difícil tratamento). Outras aplicações como sorriso gengival, tratamento do bruxismo, da sialorreia (excesso de saliva) e da enxaqueca também vem sendo estudadas e realizadas com a toxina botulínica.

Melasma e o tratamento com laser

O melasma é uma doença crônica e de difícil manejo. O uso do laser pode ser indicado, geralmente quando o tratamento convencional não funcionou. Estudos mostram que 20% dos pacientes tratados com o laser correm o risco de piora! Os melhores resultados são obtidos quando se associa o laser a outras tecnologias como microdermoabrasão, peelings químicos superficiais, clareadores tópicos e muita fotoproteção.

Cicatriz

O ideal é tratar o mais precocemente possível, no dia da retirada dos pontos. Estudos recentes vem mostrando melhorias do aspecto das cicatrizes com o uso do Laser Fracionado não Ablativo e de 2 a 5 aplicações por mês, com resultados ainda melhores quando associado a toxina Botulínica.

Estrias

As estrias vermelhas são geralmente as mais recentes e respondem melhor a todos os tratamentos, inclusive aos cremes tópicos com ácido retinóico. Microagulhamento, Laser fracionado não ablativo e ablativo associado ou não a drug delivery, foram apontados como as melhores opções terapêuticas.

Terapia fotodinâmica: medicamento e irradiação de luz destroem células pré ou cancerosas além de rejuvenescer usando a luz solar

A terapia fotodinâmica não é novidade, pelo contrário, foi descrita há mais de 20 anos e inicialmente desenvolvida para o tratamento de tumores. Atualmente a terapia fotodinâmica ampliou sua área de atuação para o controle de doenças como a acne e também apresentou uma melhora importante no rejuvenescimento cutâneo. A novidade é que a Terapia Fotodinâmica está sendo feita usando a luz do sol, ao invés da luz artificial, mas esse tratamento, até o momento, não tem aprovação da ANVISA.

A Terapia fotodinâmica é a aplicação de um produto fotossensibilizante na pele, que penetra e se instala nos tecidos tumorais, nos folículos pilosos e nas glândulas sebáceas, e deixa a pele temporariamente sensível à luz.

A principal vantagem é que são tratadas as lesões pré cancerosas que

ainda não são visíveis a olho nu, além de ser considerada um tratamento eficaz, com resultados estéticos significativamente melhores que os tradicionais, que usam nitrogênio líquido (crioterapia) e cirurgia convencional em determinadas áreas (em que há necessidade de procedimentos mais agressivos, embora sejam também eficazes).

No rejuvenescimento, uma sessão de fotodinamicoterapia equivale em resultado a duas sessões de tratamento isolado com o laser.

É indicada para:

-Ceratose actínica - lesões consideradas pré-malignas, isto é, predispõem o aparecimento do câncer cutâneo.

-Tumores cutâneos - é a utilização mais antiga da técnica. O tratamento reduz por aplicação 80 a 100 % o câncer da pele mais comum, o carcinoma basocelular.

- Diagnóstico de câncer - a célula que mais absorve o medicamento é a célula cancerosa e, após a absorção do produto fotossensibilizante, ela fica fluorescente quando iluminada com luz artificial.

- Acne - devido a sua atuação nas glândulas sebáceas e na bactéria responsável pela inflamação, esta terapia consegue diminuir a acne inflamatória, sem utilização de nenhum medicamento convencional para o controle desta doença e sem efeitos colaterais.

-Rejuvenescimento - a terapia fotodinâmica diminui sensivelmente as ceratoses, os poros dilatados, as sardas e as rugas finas.

- Onicomicose (micose de unha): também pode ser tratada com TFD.

Mãos

Área geralmente esquecida na prevenção e no tratamento! A tendência agora é indicar o tratamento mais cedo!

Melhores indicações:

25-35 anos- uso de fotoprotetores, além de cremes hidratantes para as mãos .

35-45- uso de filtro solar, cremes noturnos com ácidos rejuvenescedores, como o retinóico e derivados e clareadores se necessário.

45 em diante: Fotoproteção, Luz pulsada para discromias, preenchimento com ácido hialurônico para devolver o volume das mãos ou melhorar sua hidratação

Pescoço

Área do corpo difícil de tratar e com alto risco de cicatriz. Algumas tecnologias foram apontadas como positivas para o tratamento:

Laser fracionado não ablativo, Q switeched: boa opção para quem tem manchas, não trata a flacidez, Erbium (laser ablativo) e Utrassom Focado, que tem sido utilizado com sucesso na flacidez, boa opção para tratar o contorno do rosto!

Tratamentos corporais

Celulite - Acoustic wave therapy (AWT) ou Ondas Acústicas

Uma tecnologia já está muito bem estudada em outras áreas da medicina como Urologia (litotripsia ou quebra de pedras) e ortopedia (esporão de calcâneo). A força das ondas destrói as fibras da celulite de graus I a III e facilita a drenagem linfática local.

Cabelo

Alguns estudos vem mostrando benefícios com o uso da finasterida 1% em gel para o tratamento da calvície androgenética e 1 estudo aponta benefícios do uso domiciliar de um laser de baixa potência em formato de escova de cabelo, também para esse fim terapêutico.

Estudos recentes não comprovam o risco do câncer de mama associado ao uso da finasterida oral.

Acne

Uso do ascorbato de zinco 1% mostrando benefícios na acne inflamatória e na foliculite, pois une a ação bactericida do zinco e antiinflamatória da vitamina C. Se associar com antibiótico tópico, como a clindamicina, aumenta ainda mais sua ação.

Uma nova isotretinoína oral com melhor absorção que a atual, mesmo no jejum, já chegou nos Estados Unidos, porém, ainda sem previsão no Brasil.

#release #sbd #dermatorecife #69congressodedermatologia

0 visualização

Ageimagem  |  São Paulo

 

Rua Jandiatuba, 630, cj 511

Centro Empresarial Jardim Sul

Morumbi  |  São Paulo

contato@ageimagem.com.br

Telefone: 11 99665-7704

Ageimagem  |  Rio de Janeiro

 

Av. das Américas, 11.365, A3 Offices - 2º Andar  |Barra da Tijuca  | Rio de Janeiro

contato@ageimagem.com.br

Telefone: 21 99717-7704

Segue nós_

  • Facebook Clean
  • YouTube Clean
  • Instagram Clean
  • Branca Ícone LinkedIn

2020 © por AgeImagem

Produzido por Dalton Wang

  • Black Instagram Icon
  • Black Facebook Icon
  • Black LinkedIn Icon
  • Preto Ícone YouTube