• Ageimagem

Vantagens e desvantagens da depilação com luz pulsada


Matéria do Portal Yahoo

Na busca pelo método de depilação mais eficaz e menos doloroso, a luz intensa pulsada aparece como alternativa para quem quer se livrar definitivamente dos pelos indesejáveis. A única advertência é escolher bem o profissional para evitar efeitos colaterais irreversíveis, como pelos finos que são impossíveis de eliminar, manchas e até cicatrizes. Se você ainda está na dúvida sobre a técnica ideal, conheça as vantagens e as desvantagens deste tratamento e os cuidados básicos para garantir um resultado satisfatório.Assim como o laser, a luz pulsada é atraída pelo pigmento que dá cor ao pelo, liberando um calor localizado e super rápido que provoca a destruição parcial ou total do pelo. “Normalmente, o que ocorre é miniaturização do pelo após cada sessão, ou seja, ele fica tão fino que não é visível a olho nu.

Quanto mais preto e grosso, maior a chance de ser destruído em poucas sessões. Já o pelo de cor intermediária requer múltiplas sessões”, explica a dermatologista Valéria Campos.A principal vantagem do método, segundo a médica, é que este tipo de depilação pode ser definitivo se a pessoa não tiver nenhum desequilíbrio hormonal. “Ao contrário da fotodepilação, a depilação com luz intensa pulsada bem feita é definitiva. Porém, em algumas áreas sujeitas a alteração hormonal, novos pelos podem aparecer. Isso ocorre mais em mulheres e muito raramente em homens”, assegura.Outro ponto positivo é que o aparelho é seguro e pode ser usado em qualquer região do corpo. Membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, Valéria garante que a técnica é efetiva até em áreas onde foi feito transplante de cabelo. “Se o resultado não foi satisfatório, pode ser tratado.

Lembrando que as áreas de pelos pretos e grossos, como virilha e barba masculina, respondem melhor”.O custo-benefício também conta na hora de escolher este método. A média de cada sessão na axila é de R$ 200, mas o preço varia de acordo com a região do corpo. “Como a técnica é geralmente definitiva, a longo prazo se torna econômico, principalmente se levarmos em conta o tempo e o dinheiro que se gasta fazendo depilação (com cera, por exemplo)”, aponta a especialista, ao alertar: “desconfie de valores muito baixos”.

Na lista de benefícios, a dermatologista ressalta que os novos equipamentos disponíveis no mercado garantem um tratamento menos doloroso. “Quando comparado com os lasers, em geral, a luz intensa pulsada é menos dolorida. Além disso, há mecanismos para diminuir a dor como vento de ar frio, anestésicos e sucção. Porém é preciso atenção a aparelhos que não provocam dor, mas não foram feitos para remoção definitiva dos pelos, alguns foram projetados para serem usados em spas não médicos e até em casa”, observa.Os aparelhos comercializados para depilação com luz pulsada em casa, os chamados home devices, não são indicados pela médica porque provocam apenas uma queda provisória de pelos, além de não terem óculos de proteção, o que pode causar problemas definitivos na visão. “Meus pacientes que usaram este tipo de equipamento ficaram com pelos finos e longos, que, infelizmente, são impossíveis de eliminar em caráter definitivo”.DesvantagensA luz intensa pulsada tem afinidade pela melanina, o pigmento que dá cor à pele. Isso significa que pessoas negras ou bronzeadas devem ser tratadas com muito cuidado e nem todos os equipamentos são adequados para as peles escuras.

Outra desvantagem é que o método, assim como o laser, não é efetivo em pelos claros ou ruivos. “A pele bronzeada é mais difícil de tratar do que a pele morena. Já os pelos ruivos dificilmente são eliminados, neste caso, indico um teste para evitar decepções posteriores”, orienta Valéria.Escolher uma boa clínica e um profissional experiente faz toda a diferença, já que a técnica pode provocar efeitos colaterais como manchas temporárias ou, raramente, cicatrizes definitivas. Outro problema frequente é o aumento dos pelos causados pelo uso de energias baixas. “Além de serem insuficientes para destruir o pelo, (a energia baixa) ainda estimula as células troncos presentes nos folículos pilosos. Isso provoca o aumento dos pelos nas áreas tratadas”, esclarece a especialista.Segundo a médica, outro ponto negativo é o afinamento dos pelos que pode ocorrer se a descarga de energia for inadequada. “Quando tratado com doses adequadas, o pelo desaparece, mas se a energia é fraca, o pelo apenas afina. E quanto mais fino o pelo, mais difícil será a resposta (a técnicas como o laser ou a luz pulsada). Portanto, este tratamento inadequado impede que o pelo desapareça mesmo quando tratado com um método correto”.

Passo a passoO primeiro passo para quem deseja se submeter ao tratamento é realizar uma avaliação médica para identificar quantas sessões serão necessárias. A média do número de sessões deve ficar próxima de cinco, segundo a dermatologista. É importante ficar atento às clinicas que oferecem pacotes muito baratos. “No final você tem de fazer inúmeras sessões e além de não resolver, pode até piorar”.O tipo de aparelho – há equipamentos capazes de remover os pelos mais rapidamente – e o profissional podem interferir na periodicidade do tratamento. “Os mais experientes se sentem mais seguros em usar energias mais potentes”, afirma Valéria.

Para quem está disposto a investir na depilação com luz pulsada, a indicação da especialista é evitar o sol, quanto mais escura a pele, mais dolorido será, além de ser menos eficiente e ter mais riscos de queimaduras. “No período que antecede o procedimento, o filtro solar diário é indicado nas áreas expostas que vão ser tratadas por, no mínimo, 30 dias. Caso a pele esteja bronzeada, o uso de cremes clareadores pode ser benéfico”.

Antes do procedimento, o ideal é que a pessoa evite o sol na face durante os 30 dias anteriores, na perna, 45 dias antes. Após a sessão, a pele pode ser exposta depois de três dias, se não houver lesão. É importante ressaltar que as regiões onde o pelo é mais grosso e escuro podem ficar irritadas e vermelhas por alguns dias. Neste caso, a recomendação é sempre usar uma solução calmante no local. Pronto! Se todas as regras forem respeitadas, não há com o que se preocupar, o resultado será efetivo e a sua depilação estará sempre em dia.

#sbd #dermartologista

15 visualizações0 comentário

Ageimagem  |  São Paulo

 

Rua Jandiatuba, 630, cj 511

Centro Empresarial Jardim Sul

Morumbi  |  São Paulo

contato@ageimagem.com.br

Telefone: 11 99665-7704

Ageimagem  |  Rio de Janeiro

 

Av. das Américas, 11.365, A3 Offices - 2º Andar  |Barra da Tijuca  | Rio de Janeiro

contato@ageimagem.com.br

Telefone: 21 99717-7704

Segue nós_

  • Facebook Clean
  • YouTube Clean
  • Instagram Clean
  • Branca Ícone LinkedIn

2020 © por AgeImagem

Produzido por Dalton Wang

  • Black Instagram Icon
  • Black Facebook Icon
  • Black LinkedIn Icon
  • Preto Ícone YouTube