• Ageimagem

Cuidado na hora de se depilar


Matéria do Portal Revista Viva Saúde

A remoção dos indesejáveis pelos pode ser prejudicial, afirmam especialistas. É preciso alguns cuidados antes de retirá-los, confira

A retirada dos peles completamente é uma questão de gosto, diz especialista

Foto: Shutterstock

Foi-se o tempo em que o Homo sapiens precisava de muitos pelos para se proteger das agressões do tempo e da natureza. Existem relatos de homens que já se depilavam em 1500 a.C. Naquela época, eles usavam uma mistura de sangue de diferentes animais, gordura de hipopótamo, carcaça de tartaruga e elementos químicos.

Hoje, a depilação é uma atitude que nem entra mais como um “ritual de beleza” na vida das pessoas, e sim de higiene. Mas, apesar dessa cultura, dermatologistas afirmam que a função da retirada dos pelos é apenas estética. “Pode até ser prejudicial. Na virilha, por exemplo, a remoção completa dos pelos aumenta a chance de infecções genitais se a higiene não for adequada. Após a depilação, a pele fica mais sensível, com microlesões, facilitando a ocorrência de doenças sexualmente transmissíveis”, conta Valéria Campos, dermatologista e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD).

Atenção à foliculite

Além disso, alguns métodos depilatórios podem causar foliculite, que é a inflamação dos pelos após a retirada traumática. “Nesse caso, existe a possibilidade de surgir uma infecção secundária, sem contar o incômodo. Então, é necessária a depilação definitiva”, acrescenta Carla Bortoloto, médica especializada em Dermatologia Clínica e Cirúrgica, e também membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia Clínico Cirúrgica (SBDCC).

Um cuidado a mais com a pele

Quanto à manutenção da pele lisa, depende da queixa e da vontade de cada pessoa. “O ato de se depilar ou não é uma questão de gosto, visto que não interfere em relação à saúde”, lembra Carla.

Mas se o desejo é ter a pele sempre “limpinha”, a orientação seguirá à resposta de cada pessoa ao procedimento. “Se a pele não fica irritada, não há necessidade de esperar. Já para indivíduos que, após o procedimento, ficam com a derme muito machucada, é prudente aguardar um intervalo de, no mínimo, quinze dias entre as sessões”, indica Valéria.

Para quem precisa ou gosta de estar sempre em ordem com a depilação, a sugestão dos profissionais é o tratamento definitivo. “Mas tenha cuidado com afotodepilação, pois não é um método que se encaixa aqui e pode até piorar o problema”, alerta Valéria.

#depilação #dicas

0 visualização

Ageimagem  |  São Paulo

 

Rua Jandiatuba, 630, cj 511

Centro Empresarial Jardim Sul

Morumbi  |  São Paulo

contato@ageimagem.com.br

Telefone: 11 99665-7704

Ageimagem  |  Rio de Janeiro

 

Av. das Américas, 11.365, A3 Offices - 2º Andar  |Barra da Tijuca  | Rio de Janeiro

contato@ageimagem.com.br

Telefone: 21 99717-7704

Segue nós_

  • Facebook Clean
  • YouTube Clean
  • Instagram Clean
  • Branca Ícone LinkedIn

2020 © por AgeImagem

Produzido por Dalton Wang

  • Black Instagram Icon
  • Black Facebook Icon
  • Black LinkedIn Icon
  • Preto Ícone YouTube