• Ageimagem

Técnicas para um corpo mais jovem foram apresentadas no Congresso Brasileiro de Cirurgia Dermatológi


Novidades em flacidez, gordura localizada e rejuvenescimento da região íntima foram destacadas pelos especialistas

Os usos da toxina botulínica no tratamento de enxaqueca, da hiperidrose do couro cabeludo, o rejuvenescimento da genitália feminina e masculina e as novas tecnologias na dermatologia foram alguns dos assuntos discutidos por cerca de dois mil cirurgiões dermatologistas no XXVII Congresso Brasileiro de Cirurgia Dermatológica. O evento ocorre até dia 21 de abril na Costa do Sauípe, na Bahia, e é presidido pelo Dr. Paulo Barbosa.

O Congresso começou na última sexta-feira, 17, e, desde então, centenas de assuntos já foram apresentados pelos melhores profissionais do país na especialidade médica. O Congresso da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica (SBCD) é um momento de apresentação de novidades e troca de conhecimentos entre os cirurgiões dermatologistas.

O rejuvenescimento corporal e técnicas para aumentar a autoestima dos pacientes foram abordados com foco no tratamento de gordura localizada, flacidez, estrias e rejuvenescimento da genitália – uma das grandes novidades discutidas entre os dermatologistas.

Para os pacientes que queixam-se de excesso de gordura nas coxas e nos flancos, por exemplo, a novidade é que já existem tratamentos específicos para essas duas áreas. Em uma sessão, o paciente já consegue ver resultados expressivos na diminuição da gordura nas duas áreas. Isso graças à novas tecnologia associada ao método da Criolipólise - uma das técnicas de definição de contorno corporal mais estudadas pelos especialistas.

A cirurgiã dermatologista e membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica, Dra. Luciana Lourenço, abordou outras novidades que complementam o método da criolipólise. Após a realização de sessões de criolipólise, os resultados da técnica podem ser potencializados com massagem manual. Além disso, recentemente a ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) aprovou o método da criolipólise para tratamento de gordura localizada na parte interna das coxas.

Outra técnica de rejuvenescimento corporal, com ácido polilático, foi apresentado pela cirurgiã dermatologista e membro da SBCD, Dra. Marisa Gonzaga. Na aula, a médica escolheu para apresentar aos especialistas a diminuição da flacidez nos braços. “É necessário que o paciente entenda que existem dois tipos de flacidez nessa região: a muscular e cutânea. O cirurgião dermatologista vai atuar neste segundo tipo de flacidez. O resultado pode ser mais rápido e eficiente no paciente que exerce atividades físicas, principalmente a musculação, porque ele tem músculos enrigecidos e apenas a pele é flácida”, explica. O perfil de quem submete-se ao tratamento da gordura localizada nos braços é de mulheres, magras e acima de 45 anos de idade. Após o uso do ácido polilático, a especialista complementar o tratamento com ingestão de colágeno.

Já para o tratamento de outra queixa frequente das mulheres, as estrias, foram apresentadas associações de tecnologias para obter melhores resultados. Uma das abordagens, feita pela Dra. Regia Patriota, foi do uso de laser fracionado não ablativo e ácido retinoico. Para a especialista, as estrias devem ser tratadas com laser: “o tratamento das estrias, inclusive as brancas, pedem o uso da tecnologia. Para ver um resultado satisfatório para o paciente, o dermatologista deve lançar mão do laser, associando-o a outros métodos”, revela.

Após o desenvolvimento de métodos e tecnologias para tratar quase todas as queixas estéticas que o paciente apresenta no consultório, os dermatologistas perceberam que uma outra área do corpo passou a ser alvo de incômodo – especialmente nas mulheres: a genitália. Após a menopausa, o corpo da mulher passa por uma série de modificações: mudança na cor da vulva, incontinência urinária, flacidez e até diminuição da libido. Para resgatar a autoestima da paciente, os especialistas enxergaram a necessidade de tratar também a genitália.

A cirurgiã dermatologista da SBCD, Dra. Shirlei Borelli, foi uma das especialistas a abordar o assunto no Congresso. “A dermatologia desenvolveu várias técnicas para rejuvenescer o corpo e o rosto. Mas depois disso, a paciente percebia que conseguia ótimos resultados nas áreas que foram tratadas, mas passou a ter vergonha da própria sexualidade. Essa atitude nos fez perceber que o rejuvenescimento precisa ter uma abordagem multidisciplinar”, revela.

Por isso, Dra. Shirlei Borelli apresentou método que melhora a lubrificação, a incontinência urinária, a libído e o aspecto estético por meio do uso de laser não-ablativo fracionado. O tratamento geralmente dura três meses com uma sessão mensal. Antes de fazer o rejuvenescimento da genitália, a especialista prepara o paciente com doses de vitamina C, E e estrógeno. Para esse tratamento, a paciente não necessita de tempo de recuperação. Ela é quase que imediata.

A discussão a respeito do rejuvenescimento corporal continua no XXVII Congresso Brasileiro de Cirurgia Dermatológica. Outros assuntos como diagnóstico do câncer da pele, transplante de cabelos feito com ajuda de robô e novas tecnologias para auxiliar o dia a dia do cirurgião dermatologista ainda vão ser discutidas até a próxima terça-feira, 21 de abril.

#release

0 visualização

Ageimagem  |  São Paulo

 

Rua Jandiatuba, 630, cj 511

Centro Empresarial Jardim Sul

Morumbi  |  São Paulo

contato@ageimagem.com.br

Telefone: 11 99665-7704

Ageimagem  |  Rio de Janeiro

 

Av. das Américas, 11.365, A3 Offices - 2º Andar  |Barra da Tijuca  | Rio de Janeiro

contato@ageimagem.com.br

Telefone: 21 99717-7704

Segue nós_

  • Facebook Clean
  • YouTube Clean
  • Instagram Clean
  • Branca Ícone LinkedIn

2020 © por AgeImagem

Produzido por Dalton Wang

  • Black Instagram Icon
  • Black Facebook Icon
  • Black LinkedIn Icon
  • Preto Ícone YouTube