• Ageimagem

Receitas do bem


Matéria do portal da Revista Kalunga

Com a participação do chef César Yukio, a Associação para Crianças e Adolescentes com Câncer (Tucca) leva a criançada em tratamento para a cozinha

Às 10 horas da manhã, pontualmente, tem início a aula de culinária. Todos os participantes já estão acomodados em seus devidos lugares. Desta vez, crianças e adolescentes lotam o ambiente. Os olhinhos se fixam no chef César Yukio, 25. Formado em Gastronomia pela Universidade Anhembi Morumbi em convênio com o L’Institut Paul Bocuse, especializado em Confeitaria e Panificação pela mesma instituição, é pós-graduado em Administração e Organização de Eventos pelo Senac, de São Paulo. Ele também cursou a École Lenôtre e o Instituto Mausi Sebess para se aperfeiçoar ainda mais na técnica de confeitaria. A cena é comum na cozinha da Associação para Crianças e Adolescentes com Câncer, em São Paulo. “Nosso intuito não é a orientação nutricional. Essa atividade é apenas uma das muitas desenvolvidas, que fazem parte de um contexto maior, de olhar para além da doença. Tratamos da criança e da família”, explica Sidnei Epelman, presidente da Tucca e diretor do Serviço de Oncologia Pediátrica do Hospital Santa Marcelina. O primeiro passo é ler a receita. Prontamente, uma das participantes empresta a sua voz em alto e bom som. Os ingredientes são apresentados um a um, para em seguida terem como destino uma vasilha ampla. Aos poucos, a mistura vai ganhando uma nova aparência viscosa e encorpada e a criançada se reveza para mexê-la, conferindo à atividade caráter lúdico. Segundo Epelman, há diversas formas de acolhimento, de dar condições de enfrentamento, instrumentos para que as crianças consigam ultrapassar toda essa realidade pesada, longa. Esses momentos quebram a rotina de tratamento, as crianças não deixam de fazer os exames, tomar os remédios, realizar as terapias, e quando se dão conta já foi metade do dia. A terapêutica varia conforme o diagnóstico, alguns mais longos que outros, mas, na maioria das vezes, dura pelo menos um ano.

Fazer o bem

Todas as quartas-feiras, a entidade promove encontro com grandes nomes da gastronomia paulistana. Excepcionalmente, nesta quarta, a atividade está sendo direcionada para um público bastante especial. A criançada vai aprender a fazer brownies e a rechear ovos de chocolates com doce de leite e com esse “bolo” de chocolate especial.

Bem-humorado, com agilidade e destreza, Yukio repete os procedimentos várias vezes, sem se cansar, a pedido dos pequenos aprendizes. Nessa circunstância, muitos circulam pelo ambiente. Outros o rodeiam. Embora participe pela primeira vez no Projeto Chef pela Cura, Yukio já emprestou o seu tempo e talento em outros projetos sociais de gastronomia. “Sempre é prazeroso mexer com o que a gente gosta e ainda fazer o bem para outras pessoas”, diz.

A essa altura, a massa dos brownies, disposta em dois tabuleiros, assa no forno. Um cheirinho bom invade o ambiente. Com a sala em ordem, os ovos de chocolate são distribuídos para a nova etapa. A maioria se empolga com a possibilidade de preparar mais de um. Os mais habilidosos ajudam os que têm dificuldade e os mais novos, como a pequena Hayssa, de 3 anos. A garotinha permanecia imersa naquele mundo “doce”, rico em texturas e sabores.

A aula vira uma “festa” para Maycon, Fabíola, Daniel, Mikael; em seus rostinhos felizes não há vestígios de dor ou sofrimento. “É difícil alguém que não goste de chocolate, ainda mais criança. É muito lúdico porque ele derrete, a criança quer colocar a mão, brincar com ele. Isso tudo acaba atiçando a imaginação”, comenta o chef.

Das 27 crianças e adolescentes que participam, poucas se retiram para ser medicadas ou avaliadas em consulta médica. Apenas um garoto pediu para sair, era visível o seu desconforto. Esse momento pode não trazer a cura propriamente dita, mas auxilia no tratamento.

“Por um momento, elas conseguem não pensar na doença. Querendo ou não é uma sentença que foi assinada, e nessas duas, três horas de aula esquecem de tudo e entram no mundo mágico da gastronomia, em um mundo paralelo. Colocando amor, nós, chefs, também conseguimos transformar essa realidade e contribuir na melhoria da qualidade de vida desses pequenos pacientes”, afirma Yukio.

Autoestima

Desde que o Chef pela Cura foi criado, mais de 60 chefs já participaram do projeto, em mais de 70 oficinas oferecidas aos familiares dos pacientes assistidos pela Associação, em parceria com o Hospital Santa Marcelina.

As receitas escolhidas pelos chefs são simples de fazer e divertidas. Com essa não foi diferente.

Mais que ensinar a cozinhar, o Chef pela Cura tem como um de seus objetivos mostrar que preparar um prato e reunir a família e amigos pode ser uma forma de resgatar a autoestima. E também de oferecer entretenimento e despertar, quem sabe, um dom para a cozinha.

“A iniciativa faz parte do programa Tucca Chef pela Cura, que foi criado como parte da nossa visão de proporcionar entretenimento, cumplicidade e, sobretudo, o resgate da afetividade e autoestima entre os familiares dos pacientes”, afirma Claudia Epelman, vice-presidente da Tucca e coordenadora da equipe multidisciplinar do Departamento de Oncologia Pediátrica do Hospital Santa Marcelina.

A Associação para Crianças e Adolescentes com Câncer é uma organização não governamental, sem fins lucrativos, que oferece tratamento multidisciplinar de excelência a crianças e adolescentes carentes com câncer, sem custos ao paciente ou à família. Em 16 anos de atividade, já assistiu mais de 2.300 pacientes, atingindo taxas de cura próximas a 80%, índice 60% acima da média brasileira, igualado somente aos da Europa e dos Estados Unidos.

Para otimizar recursos, a entidade mantém parceria com o Hospital Santa Marcelina e aplica os valores arrecadados direta e exclusivamente no tratamento, pesquisa, diagnóstico precoce e capacitação de profissionais. Também conta com uma equipe multidisciplinar que assiste o paciente e sua família até que fiquem completamente bem.

#Portais #news

0 visualização

Ageimagem  |  São Paulo

 

Rua Jandiatuba, 630, cj 511

Centro Empresarial Jardim Sul

Morumbi  |  São Paulo

contato@ageimagem.com.br

Telefone: 11 99665-7704

Ageimagem  |  Rio de Janeiro

 

Av. das Américas, 11.365, A3 Offices - 2º Andar  |Barra da Tijuca  | Rio de Janeiro

contato@ageimagem.com.br

Telefone: 21 99717-7704

Segue nós_

  • Facebook Clean
  • YouTube Clean
  • Instagram Clean
  • Branca Ícone LinkedIn

2020 © por AgeImagem

Produzido por Dalton Wang

  • Black Instagram Icon
  • Black Facebook Icon
  • Black LinkedIn Icon
  • Preto Ícone YouTube