• Ageimagem

Corrida e Caminhada pela Inclusão reúne mais de 13 mil pessoas em São Paulo


Autoridades e personalidades também prestigiaram segunda edição do evento realizado em comemoração ao Dia Internacional da Síndrome de Down

Mais de 13 mil pessoas se reuniram no Circuito do Pacaembu neste domingo, 20 de março. A ex-jogadora de vôlei Fofão, o ex-Senador e economista Eduardo Suplicy, os secretários Municipais, Celso Jatene, de Esportes; Gabriel Chalita, de Educação; Marianne Pinotti, da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida; o vereador Ari Friendbach, o diretor do Departamento de incentivo e fomento ao Esporte, Marcos Ponce, Nelson Gil, coordenador de corrida de rua de São Paulo e Marcelo Manhães da OAB-SP se juntaram aos 10 mil inscritos e aos participantes dos projetos do Instituto Olga Kos de Inclusão Cultural (IOK) e seus familiares numa festa do esporte e da solidariedade. O jogador de boliche Marcelo Suartz também marcou presença: “Acho que cada vez mais a comunidade deveria se juntar e fortalecer eventos como este. Foi muito prazeroso ver a felicidade nos olhos das pessoas com Síndrome de Down que se preparavam para a caminhada”. As corridas do Instituto Olga Kos já fazem parte do calendário paulistano. Além da primeira edição da Corrida e Caminhada Pela Inclusão Olga Kos, realizada em março de 2015 e que reuniu 6.500 pessoas, em novembro do ano passado, mais de 12 mil pessoas estiveram no Circuito do Ibirapuera paracelebrar o Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, comemorado em 03 de dezembro. “Ficamos muito felizes ao ver que o número de pessoas dobrou em relação à primeira edição. Isso mostra o reconhecimento pelo nosso trabalho e que estamos no caminho certo em busca de uma sociedade mais inclusiva. Agradecemos a todos por abraçarem esta causa tão nobre”, afirma Drª Olga Kos, vice-presidente do Instituto que leva seu nome.

A Síndrome de Down é lembrada no dia 21/03, em alusão à trissomia do cromossomo 21, já que as pessoas que possuem a síndrome carregam 3 cromossomos número 21. No Brasil, estima-se que 300 mil pessoas têm Síndrome de Down e que 30 mil estejam em São Paulo. A data é comemorada desde 2006 e sua importância está no fato de reconhecer que o indivíduo com Síndrome de Down merece respeito, garantia de direitos e oportunidades de inclusão social.

#InstitutoOlgaKosdeInclusãoCultural #DiaInternacionaldaSíndromedeDown

0 visualização0 comentário