• Ageimagem

7 tratamentos faciais para o inverno

A dermatologista, Mônica Moya, explica porque os dias mais frios do ano são ideais para realizar procedimentos estéticos


Foto: Internet


Para ter uma pele bonita e saudável, é necessário cuidar dela o ano inteiro. Mas cada época do ano traz uma característica própria. Se no verão os cuidados com a exposição ao sol são reforçados, no inverno o tempo seco e o aumento nos níveis de poluição em razão de fenômenos como a inversão térmica, exigem uma hidratação constante e um acompanhamento profissional das complicações. Mas o inverno tem também uma outra característica, é a estação do ano mais indicada para realizar tratamentos faciais, como: peelings químicos, ultrassom microfocado, luz pulsada, microagulhamento e outros procedimentos estéticos, por causa da baixa incidência dos raios solares.


“Além dos tratamentos faciais, o inverno é o melhor momento para fazer qualquer outro procedimento estético. No verão, o calor e a intensa radiação solar, são inimigos da nossa pele. Por isso, qualquer tratamento feito agora, que temos dias de temperaturas amenas e menor intensidade dos raios solares, tem um resultado melhor e acaba sendo mais confortável para os pacientes”, explica a dermatologista da Clínica Matriz e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), Mônica Moya.


Segundo a médica, a exposição ao sol, acaba prejudicando na recuperação após o procedimento, porque alguns tratamentos removem a camada superior da pele, fazendo com que ela fique muito mais sensível e exposta. "A exposição solar, pós-tratamento, prejudica o resultado de procedimentos como o peeling, por exemplo. Mesmo no inverno, não é pra relaxar totalmente, porque é comum termos os chamados "veranicos" em que temos dias mais quentes e ensolarados. Eu recomendo nas minhas consultas, que a pessoa evite se expor nesses dias, porque até o uso do filtro solar pode trazer incômodo e causar uma sensação de ardência na pele que estará muito sensível”. explica a médica que completa, “depois de um tratamento facial, se caso o paciente não conseguir usar o protetor solar por causa da ardência, ele pode ficar sem, por uns dois dias. Caso contrário, mantém o uso”.


Tratamentos faciais que podem ser feitos no inverno


Peeling superficial - é um tratamento indicado para todos os tipos de pele, principalmente para as peles oleosas, com acnes, com manchas ou poros dilatados. A sua recuperação é melhor, uma vez que a pele não fica tão vermelha e sofre uma descamação suave. É um tratamento mais leve para deixar a pele mais uniforme e luminosa.


Peeling médio - é um peeling químico, um pouco mais agressivo que o superficial, porque atinge as camadas mais profundas da pele. É ideal para amenizar as linhas fininhas de rugas e serve também para melhorar as manchas na pele. A substância aplicada durante o procedimento, fará com que a pele sofra uma descamação e fique avermelhada por alguns dias. É recomendado apenas para as peles mais claras.


Ultrassom microfocado - é indicado para estimular a produção de colágeno. Ele consegue atingir as camadas mais profundas da pele, ajudando no combate à flacidez. Traz um efeito mais lifting facial de forma não invasiva e não cirúrgica. É indicado para qualquer tipo de pele.


Microagulhamento ou MMP (microinfusão de medicamentos na pele) - é um tratamento terapêutico, que pode ser usado para resolver diversos problemas de pele e cabelo. Ele traz um viço para a pele e pode ser usado também para o tratamento do melasma, podendo adicionar um clareador junto com o MMP. Pode ser feito em qualquer tipo de pele e a sua recuperação é rápida.


Luz pulsada - ajuda também no estímulo de colágeno, ele serve para tratar as manchas na pele, ajuda amenizar as rugas finas, os vasinhos faciais, rosácea e olheiras. Após o tratamento, a pele pode ficar avermelhada, tendo uma melhora alguns dias depois do procedimento. Esse tratamento não é indicado para peles morenas e negras.


Preenchimento - ajuda a melhorar as linhas de expressão, as olheiras, o famoso “bigode chinês” e o contorno facial. Após a sua aplicação, a área pode ficar avermelhada e inchada, mas esses sinais melhoram conforme a região vai cicatrizando. É indicado para todos os tipos de pele.


Botox - é um tratamento que ajuda a melhorar as linhas, tanto na testa quanto na região inferior do rosto, melhorando o contorno facial. Ele é indicado para todos os tipos de pele.


Sobre a Dra. Mônica Moya

Graduada em Medicina pela Universidade de Mogi das Cruzes e Residência em Clínica Médica e Dermatologia pela faculdade de Medicina do ABC. Membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.


Instagram: Dra. Mônica Moya

Facebook: Dra. Mônica Moya

Mais informações. www.ageimagem.com.br

10 visualizações0 comentário