top of page
  • Foto do escritorAgeimagem

O Dia das Mães da diversidade e da vitória da esperança

Como a evolução da Medicina Reprodutiva se ajustou aos novos tempos e vem ajudando famílias a realizar o sonho da maternidade






Créditos: Pixabay



Sam, Lara, Nuno e Carioquinha são pequenos seres humanos que acabaram de chegar ao mundo. Os nomes mudam, mas a história que une esses bebês revela a persistência e a determinação de casais com dificuldade de engravidar e que, mesmo diante das adversidades e incertezas, não desistiram do sonho da maternidade. Elas procuraram ajuda, confiaram na capacidade das equipes médicas e se submeteram a tratamentos de Reprodução Humana. O prêmio por toda essa luta vem já nesse Dia das Mães quando elas estarão ao lado dos filhos pela primeira vez.

Para muitos casais a continuidade está relacionada ao fato de constituir família e ter filhos. Atualmente, no entanto, os padrões de comportamento das pessoas têm mostrado que o momento de se ter um bebê vem sendo cada vez mais postergado. Conquistas sociais trouxeram novos arranjos familiares para os consultórios de reprodução e a medicina reprodutiva precisou evoluir e se ajustar a essas diferentes realidades.

Nesse texto, a gente fala de avanços sociais, gravidez tardia e avanços nas técnicas de medicina reprodutiva que estão transformando a vaidade milhares de pessoas e proporcionando momentos de felicidade como muitas delas vão viver no Dia das mães.

A diversidade dos novos arranjos familiares


A diretora da Clínica Fertipraxis, Dra. Maria do Carmo Borges, destaca que as grandes transformações na nossa sociedade influenciaram diretamente a área jurídica com reflexos biológicos, sociais e culturais. "Nessas transformações nos chama a atenção do quanto também caminhamos juntos nessa etapa de renovação familiar e seus novos arranjos que permitiram que mais pessoas que desejavam formar ou fundar uma família tivessem essa oportunidade". Afirma.

Segundo a médica, as possibilidades criadas a partir dessas transformações atingem uma diversidade de pessoas. Podendo ser a mulher sozinha, que pode recorrer a um banco de sêmen, um homem solo que vai precisar de um banco de óvulos e uma mulher que possa ter a gravidezno qual é chamado de útero solidário ou gestação de substituição-gestação de substituição-, podemos atender famílias constituídas por duas mulheres ou por dois homens, que buscam este projeto relativo a pai e mãe. "A reprodução assistida abriu um mundo de possibilidades também para quem deseja ter seu filho no presente ou no futuro, atendendo de forma ampla e eficiente os pacientes".

Reprodução Assistida e um mundo de oportunidades


O avanço das técnicas de Reprodução Humana e a constante capacitação dos melhores profissionais vem permitindo que mais mulheres consigam, por meio da ajuda desses profissionais, ter sucesso nas suas empreitadas pessoais para realizar o sonho de serem mães. Um dos estudos mais recentes mostra, por exemplo, como o estudo embrionário pode ajudar as mulheres no sonho de serem mães. "O procedimento é realizado antes de colocar no útero da mãe o embrião gerado no processo de Reprodução Assistida. Esse estudo representou um grande avanço, no campo da reprodução uma vez que aumenta a segurança dos casais no resultado do tratamento", destaca o Dr. Marcelo Marinho, especialista em Reprodução Humana e diretor-médico da clínica Fertipraxis.

Para o médico, as chances de acerto nos diagnósticos são altíssimas, apesar de não se aplicar a todos os grupos." Os grupos que são mais bem indicados esses exames são aqueles onde, principalmente a mulher, tem acima de quarenta anos, embora alguns queiram antecipar e baixar essa idade para trinta e sete ou trinta e oito anos; aqueles casos em que existe um fator masculino grave, visto no espermograma do parceiro; aqueles casais que tem abortamentos de repetição, com falhas repetidas em tratamentos anteriores; aqueles com histórico de más formações específicas no campo pessoal ou familiar de 1 ou 2 membros desse casal. Com isso temos uma avaliação mais geral de cromossomos", explica.

A solução para a gravidez tardia


Cada vez mais casais procuram auxílio médico para poder atingir seu objetivo de ter uma gravidez e sob esse prisma, existem alguns pontos que são fundamentais para aumentar as chances de uma gravidez espontânea, ou mesmo diminuir os riscos de falhas nos tratamentos de Reprodução Humana.

Para o Dr. Roberto Antunes, diretor-médico da clínica Fertipraxis, é fundamental a mulher observar a reserva ovariana e saber que a partir dos 35 anos ela sofre uma queda na produção dos óvulos. "A reserva ovariana da mulher vai reduzindo com a idade, tanto do ponto de vista de quantidade como de qualidade. Os óvulos já nascem com a mulher e vão envelhecendo com o tempo. E esse processo de envelhecimento vai diminuindo, com o tempo, as chances de uma gravidez!", explica.

Para o médico, a mulher que decide por uma gravidez tardia pode buscar ajuda na medicina reprodutiva. "Essa mulher pode, por exemplo, recorrer ao congelamento de óvulos. que permite manter o óvulo saudável e podendo ser fecundado em laboratório com boas chances de sucesso", esclarece o doutor.

Dia das Mães celebra a vida


Coragem e determinação para enfrentar os obstáculos, capacidade profissional para entender cada caso e oferecer o melhor caminho ao paciente e as conquistas sociais fizeram com que a Reprodução Humana se ajustasse às necessidades dos novos tempos para trazer felicidade a tantos lares nesse dia das mães. É uma data que nos ajuda a lembrar dessa diversidade que faz o nosso mundo um lugar melhor para viver. "É uma alegria como profissional que se especializou em sonhar junto com as pessoas ver que a felicidade delas vem com o sorriso de uma criança. É tudo tão simples e tão especial. Feliz Dia das Mães", finaliza a médica.


Sobre Dra. Maria do Carmo Borges de Souza


Graduada em Medicina com Mestrado e Doutorado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Professora da UFRJ e Livre - Docente pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Ex-presidente da REDLARA - Rede Latino-Americana de Reprodução Assistida. É membro da American Society for Reproductive Medicine (ASRM) e da European Society of Human Reproduction and Embriology (ESHRE). Membro do Conselho Consultivo da Sociedade Brasileira de Reprodução Assistida - SBRA; Diretora da Sociedade de Ginecologia e Obstetrícia do Rio de Janeiro e Diretora Médica da FERTIPRAXIS Centro de Reprodução Humana.



Sobre Dr. Roberto de Azevedo Antunes


Graduado em Medicina com Especialização em Reprodução Assistida e Endoscopia Ginecológica. Mestre em Ciências da Saúde, com ênfase em Fisiologia Endócrina pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. É Diretor Médico da FERTIPRAXIS Centro de Reprodução Humana, Diretor da Sociedade de Ginecologia e Obstetrícia do Rio de Janeiro e Diretor da Sociedade Brasileira de Reprodução Assistida- SBRA. Doutorando em Ciências da Saúde, pelo programa de Endocrinologia da UFRJ.



Sobre Dr. Marcelo Marinho de Souza


Graduado em Medicina com Mestrado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro; Diretor Médico da FERTIPRAXIS Centro de Reprodução Humana, especialista em Reprodução Humana com títulos pela Rede Latino-Americana de Reprodução Humana (REDLARA) e Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia (FEBRASGO). É membro da American Society for Reproductive Medicine (ASRM) e da European Society of Human Reproduction and Embriology (ESHRE).



Sobre a FERTIPRAXIS Centro de Reprodução Humana

A Clínica FERTIPRAXIS é certificada pela Rede Latino-americana de Reprodução Assistida por cumprir com eficiência as normas de controle de qualidade requeridas para todos os procedimentos. As instalações modernas são equipadas com recursos de alta tecnologia para manipulação e criopreservação de gametas e embriões, garantindo segurança no manuseio das amostras biológicas. Junto à tecnologia, o acolhimento aos pacientes é objetivo primordial. Os profissionais que atuam na clínica: médicos especialistas,embriologistas, enfermeiros e psicólogos, utilizam as mais avançadas técnicas de reprodução assistida para atender, orientar e tratar da forma mais adequada as pessoas que querem engravidar.




bottom of page