Veja 9 dicas para economizar na compra de material escolar

 

No mês de janeiro, geralmente há um grande déficit no orçamento das famílias brasileiras, e o impacto pode ser muito negativo ao longo dos meses seguintes, quando realmente sentimos a “falta” do dinheiro com as faturas de cartão de crédito e parcelas de compras feitas.

Os gastos com impostos normalmente está previsto no orçamento familiar, mas nem sempre as famílias lembram-se dos uniformes, material escolar e livros. Confira algumas dicas para passar pelo início do ano sem acumular dívidas:

 

1 – A primeira medida para passar por esse período sem se ver atolado em dívidas logo no início do ano é: definir orçamentos para cada necessidade e, se possível, poupar esse valor com antecedência.

 

2 – Na hora de efetuar as compras, você pode economizar muito dinheiro comparando os preços em pelo menos 3 fornecedores. Vale lembrar que tempo e combustível também custam. Então, otimize as pesquisas fazendo um roteiro ou até mesmo pela internet. Isso também é uma forma de economizar. Quando você investe mais tempo, você poupa dinheiro.

 

3 – Algumas escolas disponibilizam a lista de material escolar em papelarias parceiras e estes estabelecimentos oferecem o valor fechado da lista. Cuidado para comprar sem comparar valores!

 

4 – Cada lojista tem seu relacionamento com as marcas e distribuidores e, por isso, muitas vezes conseguem preços melhores em determinados itens. Sendo assim, não é incomum achar que “no fim das contas” vai sair quase a mesma coisa porque na papelaria A o caderno está mais em conta, mas na B os lápis e canetinhas ganham com o melhor preço. O que muita gente esquece é que, pesquisando com antecedência, você pode estipular quais produtos comprar e em qual fornecedor. Assim, é possível escolher o melhor preço de cada item e dividir sua lista de compras em dois ou três lugares.

 

5 – Outra forma de economizar é tentar montar um grupo de compra coletiva. O preço no atacado é muito mais atraente do que o preço no varejo. Portanto, quanto maior a quantidade a ser comprada, maior o poder de negociação. Esses grupos e comissões podem ser feitas por pais em parceria com a escola e oferecer concorrência para papelarias. O custo do material pode chegar a 1/3 do valor encontrado no balcão.

 

6 – Não deixe pra comprar de última hora. O mês de janeiro já é conhecido pelas compras de material. Portanto, quanto maior a procura, maiores ficarão os preços.

 

7 – Evite material com personagens da moda. Esses também podem custar muito mais caro do que um material sem tema comercial.

 

8 – Para economizar nas mochilas, lancheiras e afins, comece suas compras a partir de agosto. Eles fazem liquidação da coleção anterior para liberar estoque para as novas coleções.

 

9 – Lembre-se sempre de pedir desconto. Não é vergonha, e os comerciantes geralmente trabalham com uma condição melhor para pagamento à vista, mas só oferecem o desconto quando são solicitados.

 

 

Veja matéria pulicada pelo Portal Tv Cátia Fonseca.

Please reload

DEU NA MÍDIA

Tudo sobre fertilidade: esclarecemos os principais...

1/10
Please reload

ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Please reload

Arquivo
Please reload

Ageimagem  |  Comunicação

 

Rua Jandiatuba, 630, cj 511

Centro Empresarial Jardim Sul

Morumbi  |  São Paulo  |  Brasil

Telefone: 11 2985-9823/9824

contato@ageimagem.com.br

Av. das Américas, 11.365, A3 Offices - 2º Andar  |Barra da Tijuca  | Rio de Janeiro

Telefone: 21 2146-2337/2143-0128

contato@ageimagem.com.br

  • Facebook Clean
  • YouTube Clean
  • Instagram Clean

2020 © por AgeImagem